A INVERSÃO DOS VALORES

QUANDO O LADO ERRADO PREVALECE
O Vilão Duas Caras que acabou por deixar seu lado PODRE dominar.
Para inicio de conversa eu nem iria escrever este texto hoje, pois estou morrendo de preguiça e um pouco desmotivado devido a problemas pessoais e estava no PC apenas procurando algo para me distrair...

Mas em meio a esta minha busca sem sucesso de colocar algum sorriso em meu rosto me deparo com esta imagem no site de humor:



Bom, pra quem não vive em uma bolha e tem o minimo de contato com o mundo exterior a mensagem fica bem clara... É um tipo de "sacaneada" que deram no ator de filmes infantis Robert Pattinson que APARENTEMENTE ganhou um par de chifres da atriz Kristen Stewart, o primeiro como personagem do filme e o segundo na vida real.

(Quando eu disse APARENTEMENTE isso quer dizer que eu não fui atrás de saber se isso é verdade, pois pouco me interessa na realidade.)

Eu até achei engraçado.
Pensei -"Toma trouxa..."

Quando já estava pra mudar de página e caçar alguma outra bobagem pra rir fui atacado por aquele velho sintoma da doença que me assola desde que posso me lembrar que existo, o PENSAMENTO.

Pensei:

"Ei, espera ai... Tá certo que eu não gosto desse cara por motivos fúteis (apenas por achar aqueles filmes que ele fez um lixo e pelo fato dele ser aclamado como LINDO apenas por estar em evidencia na mídia quando na verdade se não fosse isso ele seria como eu e mais 1 bilhão de caras por ai... invisível) e agora dei risada por ele ter tomado um chifre da princesinha dos tais filmes na vida real.

Mas vejamos... isto está certo ?

Tirando o fato dele ter atuado naquela merda de filme que eu tenho dezenas de motivos BEM ESTRUTURADOS para desprezar pode existir a possibilidade de ele ser um cara bacana na realidade, e além de tudo uma pessoa que leva chifres sem merecer (assumindo que ele teoricamente não mereça) não tem culpa alguma disso. Logo se esse tipo de coisa aconteceu sem ter sido por culpa dele e logicamente se ele gostava da garota deve estar sofrendo, ainda mais com a exposição que esse fato deve estar tendo mundo a fora por eles serem famosos.

Faz algum sentido eu rir do cara quando na verdade o foco da história foi a VADIAGEM da garota ?"

Percebi que o que eu estava fazendo era na verdade inverter os valores desta situação.
Eu estava apontando o dedo na cara da vítima do caso e rindo dele ser corno quando na verdade eu deveria demonstrar meu desapontamento em relação a falta de compromisso da garota e aos baixos valores morais e éticos que ela possui.

É praticamente a mesma coisa  que eu chamar de otário uma pessoa que foi assaltada e rir dela, quando eu deveria "moralmente" demonstrar indignação pelo fato e desprezo pelo assaltante, pois é algo que eu obviamente não gostaria que acontecesse comigo.

Bom, tendo pensado isso comecei a perceber o quanto esse tipo de coisa acontece em todos os lugares e em diversos outros tipos de situações onde os valores são invertidos, nos descontraímos e rimos com as desgraças dos outros vendo apenas um lado e fazendo isso logo sem saber acabamos por dar aval e validação ao outro lado da história, o lado errado.

Como diz aquela frase mais ou menos assim: "Para que o mal vença basta que os bons não façam nada", e muitas vezes não fazemos nada pelo fato de nos termos nos focado de forma errada na situação e nos distraído com gracejos e piadas, deixando passar boas reflexões que poderíamos fazer internamente para melhorar a nós mesmo e por consequência de ter melhores atitudes para tornar nosso ambiente melhor e também o mundo a nossa volta.

Mesmo mascarada de brincadeira esse tipo de coisa tem efeitos destrutivos na sociedade e logicamente nas pessoas que acabam tendo seus valores invertidos, achando o belo feio e o feio belo.

Algumas inversões que já ouvi por ai... e por aqui.

"Tem que zoar mesmo Tirano, pegar, comer e nem olhar na cara no dia seguinte, você e trouxa..."
"O mundo é dos espertos Tirano, você fica ai fazendo as coisas certinhas, tudo direitinho e só se fode."

"Se eu fosse político roubava mesmo, o povo é trouxa, não faz nada, tem mas é que aproveitar..."

E a pior de todas, só pra descontrair...

"AH MEU DEUS COMO É BOM SER VIDA LOKAAAAAAAAAAA!!!"

Agora me diga se é difícil entender a atual situação deste planeta quando são esses tipos de afirmações e ensinamentos que são difundidos por ai na cabeça das pessoas, através de músicas, Tv (sim adoro falar mal de Tv), moda e etc ?

Por isso que hoje está quase sendo tido como normal atos crassos como trair, roubar, ser interesseiro, ser egoísta e arrogante (aliás, arrogância anda muito na moda) e valores corretos como honestidade, moralidade e fidelidade estão se tornando motivo de piada. Se um cara tem a oportunidade de trair a namorada e não o faz alegando fidelidade sabe o que ele escuta ?

"Tú é trouxa mané, enquanto você tá aqui deixando passar a oportunidade sua mina deve estar por ai te metendo galhas"

E logicamente que para se "precaver" de ser feito de besta e ficar mal visto o suposto rapaz vai lá, deixa seus conceitos morais de lado e comete a traição, pois afinal "tiro trocado não dói" não é mesmo, e é justamente isso que ele vai colocar na cabeça para se livrar do peso na consciência, apesar de saber que um erro não anula e nem evita o outro. 

Bom, como eu já disse lá no começo, sendo honesto eu nem escreveria este texto hoje, mas para não deixar o pensamento escapar resolvi faze-lo de forma bem resumida... espero que tenha ficado clara a ideia apesar da minha preguiça no dia de hoje... me perdoem.



Sem mais, de seu agora lord e senhor
TIRANO.

Curta a pagina do TYRANT no FACEBOOK:
http://www.facebook.com/blogdotirano 

12 comentários:

  1. "AH MEU DEUS COMO É BOM SER VIDA LOKAAAAAAAAAAA!!!" Não sei se dou risada ou se fico indignado.

    Confesso que também dei risada do Robert Pattinson por ele ser corno. Mas é frustante ver um cara sendo idolatrado só por ser bonito.

    Assisti um filme dele (não o Crepúsculo) em que teve uma boa participação, mostrou-se ser um bom ator. O filme se chama "Lembranças" e é voltado para a realidade... se tiver oportunidade, assista!

    http://www.youtube.com/watch?v=cOtppKgENyI

    Obs: Não é meloso.

    ResponderExcluir
  2. Bom texto! Infelizmente muita gente já deixou de lado os valores morais e não se importa mais com ninguém...
    Bom que ainda existem aqueles que pensam e não são manipulados pela mídia!
    valeu!

    ResponderExcluir
  3. Peço licença para aqui postar um trecho de uma música que gosto muito e que faz referência a inversão de valores citada nesse maravilhoso texto (que tive o prazer de ler). É de Paulo da Portela (é samba, por isso pedi licença kkkk):

    "Nessa terra sem paz com tanta guerra
    A hipocrisia se venera
    O dinheiro é quem impera
    Sinto minha alma tristonha
    De tanto ver falsidade
    E muitos já tem vergonha
    Do amor e honestidade"

    Caso queira ver a letra completa: http://letras.mus.br/candeia/923606/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouvi a música, a letra é boa mesmo, valeu a indicação !

      Quem sabe eu gostasse de samba se tivesse nascido antes, na época que as letras (assim como essa que vc me passou) faziam sentido e alertavam o povo sobre essas coisas mais serias.

      Excluir
    2. Esse Tipo de Samba Considero muito bom era um jeito de Transmitir Cultura e tinha letras Riquissimas uma coisa que infelismente perdeu todo o sentido =/

      Excluir
  4. Se não estivesse com preguiça o que num sairia dessa sau cabeça einn O Tirano...kkk
    Gostei muito da sua anilize realista das situações cotidianasss,, add nos meus favoritos me identifiquei muito com seus pensamentoss ,,,
    E qual é a graça de rir da desgraça alheia,,,isso é um descaso da humanidade,,,

    Que me empurrem goela abaixo ,,, não engolirei e ainda vomitarei na cara delesss,,,
    esses egoistas narcisistas , fdp ,,,

    ResponderExcluir
  5. rídiculo odiar um cara que vc nao conhece só pq fez um filme que vc considera horrível. Se odeia pois as mulheres babam no cara, aí é inveja mesmo.
    Nunca vi crepusculo e nem pretendo ver, nao é meu estilo, entao pq perder tempo? Mas uma coisa te digo: Seja lá quem for esse cara é um ATOR, este filme é um TRABALHO, e vc tb o faria se fosse um ator e esta oportunidade surgisse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, o que você falou tem fundamento.

      Só não sei onde você leu a palavra "ódio" em meu texto, pois admiti que meus motivos para não gostar dele eram fúteis, ou seja, inválidos.

      E sim, atores fazem filmes por serem trabalhos, mas existem aqueles que na minha opinião selecionam melhor os trabalhos que fazem e até se negam a participar de certos filmes quando não vão muito com a cara/estilo do mesmo e não querem ficar marcados por fazerem filmes ruins.

      Abraço!

      Excluir
  6. Isso acontece sim, Tirano (atores negarem participação em certos filmes). E de vez em quando acontece algo bem ao contrário, por exemplo o Leo DiCaprio topou gravar um filme por menos da metade do seu salário (não que seja pouco) porque se identificou com o filme a ser gravado. Sobre a postagem, é exatamente isso mesmo, pessoas tentando ser o engraçadão por causa de algo particular da vida do ator, e cada vez mais tentam empurrar como devemos pensar goela abaixo.

    ResponderExcluir
  7. Essa inversão de valores é realmente algo assustador e nos faz ao menos vislumbrar porque nossa sociedade se encontra da forma que está.
    O mais absurdo e medonho, quando paramos para refletir de forma analítica sobre o assunto é que, mesmo sabendo disso, muitas vezes, situações como essa citada (em seu excelente texto, por sinal) nos passam desapercebidas, isso porque estamos entorpecidos em uma cultura que prega essa paradoxal inversão.
    Precisamos estar sempre atentos, à nós mesmos, mais conscientes pode-se dizer, e críticos diante de tais posturas, que com o tempo tornaram-se re-ativas.

    ResponderExcluir
  8. Ouvi dizer que Robert e Kristen vão ter um filho:

    http://migre.me/c1bTQ

    Se for verdade... pobre criança!

    ResponderExcluir
  9. Você acredita que eu perdi uma grande amizade depois de um assalto?

    Depois que fui assaltado, contei para o meu melhor amigo, na época, e não demorou muito para ele fazer piadinhas ao meu respeito. Eu passei por um local escuro, mal movimentado, perto de uma favela (aqui em qualquer lugar tem uma favela por perto). Ele ainda perguntou como eu não queria ser assaltado se passei por ali? Mas, eu quase não tinha escolha sobre isso, qualquer caminho tinha uma favela por perto.

    Depois disso, eu acabei a amizade mesmo. E note que não era um simples amigo, era o meu melhor amigo. Hoje estou sem amigos, mas me sento livre e, acima de tudo, respeitado (coisa que eu nunca era com amigos).

    ResponderExcluir

*OBSERVAÇÕES SOBRE OS COMENTÁRIOS
-Comente! Sua participação incentiva o autor, e além disso sabemos que você não esta fazendo nada mesmo, né...
-Se for comentar como anônimo crie ao menos um pseudônimo para se identificar no final do comentário.
-Seu comentário será liberado e respondido assim que aprovado.
-Comentários ininteligíveis ou apenas com a intenção de ofender o autor do texto ou algum outro comentador serão ignorados. Nem tente.
-Os comentários e opiniões são de total responsabilidade de quem os postou. Tenha moderação e educação para não se foder depois.
-Lembre-se que vivemos na era do mimimi e do "Vou te processar!".