segunda-feira, 23 de setembro de 2019

FIM DO MUNDO PODCAST - EPISÓDIO #04

FIM DO MUNDO PODCAST - A MATRIX E SUAS FACES


Neste episódio:

Vamos falar sobre a Matrix, sua analogia ao mundo real e seus agentes integrantes.




De seu Lorde e Senhor
Tirano

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

FIM DO MUNDO PODCAST - EPISÓDIO #03

FIM DO MUNDO PODCAST -REDPILL: VOCÊ PREFERE VIA ORAL OU SUPOSITÓRIO


Neste Episódio:

Neste Podcast vamos falar sobre o que é RedPill e sobre qual sua importância e seus perigos.



De seu Lorde e Senhor
Tirano

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

FIM DO MUNDO PODCAST - EPISÓDIO #02

FIM DO MUNDO PODCAST #02 - A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA PRÁTICA


Neste episódio:


-Divagações a respeito do que aprendemos e usamos ou não sobre filosofia e a importância da adoção de uma filosofia de vida.




De seu lorde e Senhor
Tirano

sábado, 31 de agosto de 2019

FIM DO MUNDO PODCAST - EPISÓDIO #01

FIM DO MUNDO PODCAST #01 - APRESENTAÇÃO


Neste episódio:


Ouça a primeira edição do Podcast, deixe seus comentários e se inscreva no canal!


-Apresentação do Podcast e algumas ideias gerais






De seu lorde e Senhor
Tirano

sexta-feira, 10 de maio de 2019

ESTOICISMO: PARTE 2 - CAPÍTULO 4

TÉCNICAS PSICOLÓGICAS ESTÓICAS

Visualização Negativa

O Que é o Pior que Pode Acontecer?


Qualquer pessoa pensativa irá periodicamente contemplar as coisas ruins que podem lhe acontecer. A razão óbvia para se fazer isso é prevenir que essas coisas não aconteçam. Alguém pode, por exemplo, passar algum tempo imaginando maneiras pelas quais alguém poderia invadir sua casa para que ele possa se prevenir que façam isso. Ou ele pode passar algum tempo pensando as doenças que possam lhe afligir para que assim possa tomar medidas de prevenção.

Mas não importa o quanto tentamos nos prevenir de que aconteçam coisas ruins, algumas acontecerão de qualquer forma. Sêneca, assim sendo, nos aponta uma segunda razão pela qual contemplar as coisas ruins que podem nos acontecer. Se pensarmos a respeito destas coisas, vamos diminuir seus impactos sobre nós, quando, apesar de nossos esforços e prevenções, elas aconteçam: “Rouba dos infortúnios presentes seus poderes aquele que percebe que se aproximam antecipadamente.” O azar é mais pesado, ele diz, sobre aqueles que “não esperam nada além da sorte.” Epiteto ecoa este conselho: Nos devemos ter em mente que “Todas as coisas em todo lugar são perecíveis.” Se falharmos em reconhecer isto e ao invés andarmos por aí assumindo que sempre poderemos aproveitar as coisas a que damos valor, provavelmente nos encontraremos então alvos de consideráveis incômodos quando as coisas que damos valor nos forem tiradas.

Além destes motivos para contemplar coisas ruins que podem acontecer, existe um terceiro e muito mais importante motivo. Nós humanos somos infelizes em grande parte por sermos insaciáveis; após trabalhar duro para conseguirmos o que queremos, nós rotineiramente perdemos o interesse no objeto de desejo.

Ao invés de nos sentirmos satisfeitos, nos sentimos um pouco entediados, e em resposta a este tédio, nós partimos para novos, e até maiores desejos.

domingo, 28 de abril de 2019

RELATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO - ABRIL 2019

"EU ACHAVA QUE MINHA VIDA ERA UMA TRAGÉDIA, MAS AGORA PERCEBO QUE É UMA COMÉDIA"


MINHA EXPRESSÃO FACIAL USUAL
Após muito tempo retorno com mais uma atualização. Desta vez será um resumo geral de tudo que ocorreu entre os meses de setembro de 2018 (ultimo relatório) até aqui, final do mês de Abril de 2019.

Nestes últimos 7 meses tenho me aprofundado em tentar entender ao máximo a realidade das coisas deste mundo e aceitá-las como são. Justamente por isso tenho me sentido cada dia mais cínico em relação a tudo, portanto está aí justificada essa imagem do Joker que abre a postagem. 

Sim, sim, se você acompanha as postagens da página deste blog no Foicebook, vc me viu dizendo que estas imagens só servem para as pessoas ficarem postando e se achando diferenciadas, porém, colocando na balança as coisas que tenho observado não tenho como deixar de relacionar as situações que presencio ao novo trailer do filme que sairá no fim deste ano. E sim, já que estou nessa onda de admitir toda a verdade nua e crua, talvez, no fundo eu seja apenas mais um dos babacas que querem ser vistos como incompreendidos e despertos neste mundo cão e sem misericórdia como o Joker... 

Não vou nem colocar se o objetivos foram alcançados ou não, pois eu nem sei mais quais são...

Enfim, vamos lá: 

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

OSSOS DO OFÍCIO #3 - DANDO MIGUÉ EM ASSALTANTES

CRÔNICAS DO AMARGO MUNDO DO TRABALHO


Hoje eu vou contar pra vocês sobre mais uma das facetas desagradáveis que podem nos atingir quando somos trabalhadores assalariados fodidos, como este peãozão aqui que vos fala: Assaltos. Essas merdas sempre podem acontecer quando estamos indo trabalhar ou voltando, ou seja, já não basta ser feito de trouxas no trabalho, o trajeto até ele também e perigoso...

Até onde posso me lembrar, passei por 2 situações de assalto. Porém, graças aos Deuses do Metal que sempre me acompanham e nunca deixam este servo desamparado, eu consegui me desvencilhar das garras dos criminosos nas duas ocasiões, sendo uma com certa agilidade e outra com certa malandragem. Então vamos ao detalhamento dos casos:

TENTATIVA DE ASSALTO 1

Como todo bom peãozinho em início de carreira, com uns 19 anos, eu obviamente não tinha carro. Se bem que até hoje não tenho um que realmente preste, mas enfim. Me recordo que em meu primeiro emprego com carteira registrada não ficava muito longe de casa, porém era meio "contra-mão" como dizem, ou seja, de difícil acesso... Acho que não dava 4 ou 5 quilômetros de casa, porém mesmo assim eram necessários 2 ônibus para ir e outros 2 para voltar, coisa que a empresa não se negou a fornecer. 

domingo, 13 de janeiro de 2019

THE LEGEND OF THE BLACK SHAWARMA

THE LEGEND OF THE BLACK SHAWARMA

(...)Dê uma olhada em si mesmo
E perceba
A vida tem lhe tratado bem
É melhor ser sábio
E aproveitar seu momento

Dê uma olhada em si mesmo
Em seus próprios olhos
Como tem tratado sua vida
Não tem sido muito inteligente
Pois o momento se aproxima...



*Não estou morto, só estou de férias do serviço, fiz uma viagem, retornei e estou relaxando.
Em breve retornarei.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

ESTOICISMO: PARTE 1 - CAPITULO 3

Estoicismo Romano



Os mais importantes dos Estóicos Romanos - e dos Estóicos de quem, acredito eu, indivíduos modernos tem mais a aprender - foram Sêneca, Musônio Rufo, Epiteto, e Marco Aurélio. As contribuições que estes quatro fizeram ao Estoicismo Romano são bastante complementares. Sêneca foi o melhor escritor deste grupo, e seus ensaios e cartas para Lucílio formam uma introdução bem acessível ao Estoicismo Romano. Musônio é notável por seu pragmatismo: Ele ofereceu conselhos detalhados sobre como praticantes do Estoicismo deveriam comer, o que deveriam vestir, como se comportar em relação a seus parentes, e até mesmo como deveriam conduzir suas vidas sexuais. A especialidade de Epiteto foi a análise: Ele explicou, entre outras coisas, por quais motivos a prática do Estoicismo pode nos trazer a tranquilidade.


Finalmente, nas Meditações de Marco Aurélio, escritas como uma espécie de diário, entramos na privacidade de um Estóico praticante: Assistimos suas procuras por soluções Estóicas para os problemas da vida diária assim como para os problemas que ele encontrou como imperador de Roma.


Lúcio Aneu Sêneca, também conhecido como Sêneca o Jovem, nasceu em algum momento entre 4 - 1Ac. em Córdova na Espanha.

Apesar de termos mais de seus escritos filosóficos do do que temos de qualquer outro Estóico, ele não era o mais prolífico deles. (Crisipo foi marcantemente prolífico, mas suas obras não sobreviveram.) Ele também não era o mais original. Mesmo assim seus escritos Estóicos foram bem impressionantes. Seus ensaios e cartas são cheios de observações sobre a condição humana. Nestes escritos, Sêneca fala a respeito das coisas que tipicamente fazem as pessoas perderem a alegria - como o luto, a raiva, a velhice, e ansiedades sociais - e sobre o que podemos fazer para tornar nossa vida não apenas tolerável mas alegre.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

OSSOS DO OFÍCIO #2 - A MORTE DA INOCÊNCIA

CRÔNICAS DO AMARGO MUNDO DO TRABALHO


Hoje eu vou contar para vocês a respeito de uma das primeiras pedradas profissionais que eu tomei na vida, e que me fez começar a enxergar a realidade e principalmente enxergar toda a podridão que rege o mundo dos adultos e do trabalho.

Quando eu arranjei meu primeiro emprego, de auxiliar de auxiliar de auxiliar numa empresa na cidade onde moro, de segunda a sábado tendo apenas o domingo para descanso, fiquei obviamente muito feliz, pois a partir dali teria meu dinheirinho! O salário na época, em 2008 era de uns 800 e poucos reais e lembro que o primeiro adiantamento que peguei não chegou nem em casa uahauhaa, fui direto do trabalho pra uma loja de instrumentos e comprei uma guitarra! Mas como não poderia deixar de ser não aprendi a tocar direito essa merda até hoje...

Enfim, voltando ao assunto, o caso foi o seguinte: Nesta empresa a maioria dos funcionários era formada por uma molecada nova assim como eu, afinal de contas é uma maneira que algumas empresas utilizam para ter mão de obra barata e gente bem disposta a trabalhar sonhando com aumentos e promoções que nunca chegarão...