O LIVRO DO GRANDE IRMÃO

10 passos para colocar cabrestos ideológicos numa população e destruir seu futuro e princípios, os tornando nada mais que massa de manobra e gado a ser sacrificado:


1- Faça com que a população (ou ao menos sua maioria) passe a maior parte do seu tempo durante o dia trabalhando. De 8 a 10 horas de trabalho diário é o suficiente.


2- Faça com que o restante do tempo livre dessa população seja em frente uma televisão assistindo tudo aquilo que os poderosos querem que eles acreditem ser ideal para que assim esqueçam dos assuntos que realmente importam. Essas coisas são: A glorificação da cultura da favela (Esquenta); a desestruturação do núcleo familiar e a transformação da obtenção de dinheiro, futilidades tecnológicas ou superficialidades como a beleza e a fama em "sonhos de consumo" (Novelas); a distorção de dados, pesquisas e notícias, seja para apoiar ou descreditar qualquer um que vá contra este esquema aqui descrito (Jornais); a completa falta de implantação de sementes de ideais como honra, justiça, verdade, fidelidade e honestidade nas cabeças das crianças e adolescentes que também acompanham esta programação; a destruição destes mesmos valores anteriormente citados através de chacotas, piadas e desmoralizações de quem assim agir usando palavras como "retrogrado", "antiquado", "machista" e ao mesmo tempo usar a palavra "modernidade" para descrever tudo aquilo que vá contra esses princípios.

3- Crie mecanismos judiciários para que não se possa atuar contra a rebelião ou más ações dos mais jovens, como a Lei da Palmada e as vantagens da Menoridade Penal, pois assim estará protegendo aqueles que são e irão disseminar e regar as novas sementes desta ideologia deturpada.

4- Eduque-os com o mínimo necessário para que se tornem bons trabalhadores de base, comportados e ordeiros. Nada além disso deve ser ensinado, até mesmo nas faculdades ou em qualquer nível superior de ensino, pois o importante aqui é justamente não ensinar o importante.