VITIMISMO E MANIPULAÇÃO

QUEM PUXA AS CORDAS ?


"Master of puppets I’m pulling your strings
Twisting your mind and smashing your dreams"
Não, este não é um texto para culpar as vítimas, sejam elas vítimas do que for e livrar os culpados mas sim mais uma das minhas tentativas de tentar fazer gente tapada enxergar um palmo à frente do nariz pelo menos uma vez nesta vida desgovernada feito trem descarrilhado ao som de Funk que a maioria leva na caminhada imbecil e irrefletida do cotidiano.

Aliás, já perceberam quantas vezes eu tenho que começar um texto já adiantando uma possível má interpretação de quem lê o título ou as primeiras linhas, não dizendo aquilo que quero e sim dizendo justamente aquilo que não quero que interpretem sobre o que digo? 

Faço isso já contando com o cérebro Neandertal/tribal que a maioria apresenta. Então, como um homem prevenido vale por dois, e por isso mesmo antes mesmo de colocar o pé no assunto já tento espantar os possíveis e prováveis analfabetos funcionais ou imbecis de má índole que cheguem ao final da leitura ou até mesmo antes disso a querer me acusar de qualquer adjetivo costumeiro que recebo como nazista, retrógrado, machista, cusão, otário e blablabla como se no fim das contas eu desse a mínima e fosse mudar de ideia sobre o que penso por medo de críticas politicamente corretas. Apesar de que mesmo assim muitas vezes isso ainda acontece, mas enfim...

Desta vez o assunto é justamente este, vamos falar sobre o modo de viver e agir de maneira muitas vezes irresponsável, boçal e intransigente de quem se nega a enxergar o mundo e as pessoas como elas realmente são e como sempre esperam acontecer as mais colossais merdas, muitas vezes até mortais, pra depois chorarem se vitimizando pelo cruel destino ou pela ação de terceiros ao invés de procurarem se prevenir e evitar o problema/escândalo, antes que ele aconteça de fato, e também sobre como este comportamento é instrumentalizado por vermes de mau caráter que utilizam-se de tragédias e polêmicas para tentar fortalecer seus pontos de vista indiscriminadamente e de maneiras surreais dignas de psicopatas.

Vamos a um exemplo inicial simples:

 “Renato foi a um jogo de futebol junto com sua torcida organizada e ao fim do jogo durante um confronto (briga) com torcedores rivais foi atingido por um disparo de um policial que lá estava para dispersar a confusão e morreu.”

DE QUEM FOI A CULPA ?
Fuck The Police (?)

A maioria de vocês já sabe o que se segue:
Culpa-se a polícia.

Todo mundo sabe que existe muito policial psicopata e pior que bandido, mas será que toda vida é assim ?

Obvio que existe muito que ser investigado até que se descubra realmente o que houve e que quando comprovado os culpados, se existirem é claro, devem ser punidos como rigor da lei, porém o que costuma acontecer é automaticamente saírem nos jornais e noticiários acusações  sem provas ou testemunhas concretas, muitas vezes até na tentativa de conseguir ganhos pessoais ou ideológicos como vamos ver mais a seguir, com a intenção de criar um bode expiatório, surfar na onda da opinião pública e isentar a vítima de qualquer RESPONSABILIDADE. Mas existe uma coisa que ninguém cita nestes momentos e que é imutável neste exemplo, assim como em qualquer outro que possa ser dado: MERDA ACONTECE A QUALQUER MOMENTO E NÃO EXISTE NADA QUE POSSA SER FEITO PARA EVITAR, mas muito pode ser feito para PREVENIR, AFASTAR E DIMINUIR MUITO A CHANCE DE ACONTECER EM ALGUM MOMENTO. Mas quando alguém arrisca trazer este assunto à tona logo é rechaçada por aqueles que dizem que isso é culpar a vitima, argumentação essa muito utilizada inclusive em casos de estupro por exemplo.

Mesmo sendo fictício, ou mesmo que fosse real, o protagonista deste exemplo a menos que fosse um completo idiota, tinha plena ciência de que o que fazia era arriscado e até, neste caso, errado, mas afinal essa devia até ser a graça da coisa, brigar com os torcedores adversários na tentativa de se sentir com alguma razão ou com o ego satisfeito. Mas ai quando o pior acontece ninguém se lembra de que ele ESCOLHEU viver sob este risco de vida, participando de uma torcida organizada por opção própria e que por maior que fossem os cuidados com segurança num estádio de futebol, tanto dentro quanto fora, sempre existe a possibilidade de um confronto pela grande e incontrolável quantidade de pessoas e o já conhecido instinto animalesco que se instaura quando os indivíduos passam a agir em bandos.

Um paraquedista mesmo sabendo que pode se esborrachar no chão se algo der errado pula do avião e até mesmo sente que este medo é um fator atrativo para o salto. Mas e quando as coisas não saem como o planejado, a culpa é de quem? De Isaac Newton que descobriu a gravidade? Do solo que entrou no caminho dele? Infelizmente por mais que alguém tente argumentar eu não posso deixar de pensar que alguns riscos são simplesmente grandes demais e desnecessários, seja lá qual for o lucro advindo deles... Mais desnecessários ainda quando não existe lucro nenhum mesmo que bem sucedida a ação arriscada.

AQUI PODEMOS OBSERVAR UM REGISTRO DO RARO E JÁ EXTINTO "DESNECESSAURUS REX"
E TAMBÉM ENTENDER O MOTIVO DE SUA EXTINÇÃO...

Agora vamos a algumas coisas mais, digamos, cotidianas e vamos observar alguns aspectos interessantes sobre certas tragédias ou fatos indesejáveis e notar toda a teia de fatos e até interesses que se desenrola por trás deles, lembrando sempre o mantra de que cada caso é um caso e deve ser analisado e julgado como tal:

Num caso recente onde uma garota que foi estuprada por dezenas de “homens” após participar de um baile funk, deixando a polêmica de lado e supondo que isso seja mesmo verdade e que não tenha sido voluntário como muitas coisas nesse papo mal contado fez parecer, ela não sabia que frequentar este tipo de lugar era perigoso? Não tinha noção do tipo de gente que ali frequenta? Segundo fotos divulgadas era envolvida com tráfico e com os mesmo marginais que cometeram o crime... Ela realmente não tem um pingo de responsabilidade sobre o que faz da vida e sobre as consequências de suas ações assim como uma criança de quatro anos de idade? Por mais que eu seja absolutamente contra qualquer forma de agressão e que também exija a punição dos criminosos neste caso e de qualquer um que cometa este tipo de abuso não posso deixar de lembrar de um antigo e simples ditado que você já pode ter escutado de qualquer velhinho por ai ou até quem sabe dos seus próprios pais: “Quem Procura Acha, a Fortuna ou a Desgraça”.



“Ah, mas ninguém procura ser estuprado Tirano !”

Claro que não, onde eu disse isso? O estupro foi uma consequência, um efeito colateral do meio em que ela se expôs. Reforço que mesmo assim nenhum homem ali tinha o direito de fazer o que fizeram e que todos devem sim ser punidos com extrema severidade, mas como também já disse lá no inicio cada caso é um caso e este caso, por exemplo, é significativamente diferente de algum outro caso onde alguma mulher tenha sido atacada num ponto de ônibus, no trabalho ou até mesmo dentro de casa por um invasor, ou seja, não se expondo voluntariamente ao risco, portanto também deve ser analisado como tal.





“Mas não importa o lugar ou a roupa ou nenhum outro detalhe, isso nunca deveria acontecer com ninguém!”

Jura? Não sabia...
Obvio, mas as pessoas tem que colocar na cabeça de uma vez por todas que o mundo não é a porcaria de uma Disneylândia. O mal, a violência e a insanidade espreitam em qualquer esquina, jamais saberemos quando seremos atingidos e isso NUNCA deixará de ser assim, jamais! Não importa se as pessoas acham que existem unicórnios, duendes, fadas ou ideologias políticas que as protegerão. Paz e proteção absoluta não existem. A única forma de acabar com a violência no mundo é extinguindo a raça humana e isso não vai acontecer tão cedo. Mas se existe uma coisa que pode ao menos amenizar este fato e que tem lógica é que quando as pessoas não se colocam na posição de possíveis vitimas se adiantando e se precavendo a possibilidade da fatalidade ou crime acontecer é imensamente menor.

Você anda na rua contando na mão todo o dinheiro que acabou de receber de salário? Anda com o celularzão novo e caro tirando selfie naquele beco que tem que passar quando vem da escola pra casa? Acho que não né, mas se fizer sua chance de se lascar é no mínimo bem grande. Caso aconteça é claro que a culpa não é sua, mas chorar rios pelo leite derramado não resolve absolutamente nada muito menos vai fazer com que lhe devolvam o que é seu.


Direito dos Manos

Existem diversas atitudes que tomamos na vida que implicam em perigos e riscos de diversos níveis, desde decidir atravessar a rua até pegar um avião para uma viagem de férias e nada pode impedir uma fatalidade, causada pelo destino ou pela maldade de terceiros, mesmo que rara. Você pode estar na sua casa é um pedaço de meteoro cair no telhado e te atingir no sofá! Já aconteceu, pesquise! Claro que a chance disso chega a ser ridícula de tão pequena, mas existe e é obvio que não foi escolha sua isso acontecer. Mas por acaso o meteoro vai parar no ar ou mandar um aviso uma semana antes da queda só por causa disso ? Lógico que não, a física e a casualidade não respeita seu suposto direito, vontade ou pensamento positivo que tenha de não ser atingido. Se você estiver no local errado e na hora errada, por maior que esteja pensando sobre a paz entre os povos e que isso seja azar, é “caixão e vela preta” como dizem, sem choro nem vela, mesmo que este local supostamente não lhe pareça oferecer este tipo de risco e também mesmo que você não tenha escolhido se expor a este tipo de risco.
Quando um louco muçulmano entra numa boate gay armado e mata dezenas de pessoas homossexuais, de quem é a culpa? Das pessoas que morreram só por estarem lá se divertindo? Obvio que não!

A responsabilidade, ou falta dela, pode até ser dada a segurança da boate por falta de alguma revista antes da entrada, se é que ele não chegou atirando já da porta pra dentro, ou a alguns outros fatores e até organizações terroristas caso seja comprovado, mas logo no dia seguinte que acontece?

Muita gente se utiliza de maneira descarada da tragédia para acusar quem não tem nada a ver com o acontecimento somente para justificar suas posições ideológicas e para atacar seus adversários utilizando a comoção pública a seu favor de maneira até mesmo grotesca e sádica.

Tá, você já esperava e não é surpresa de que estou falando dos merdas dos esquerdistas, dos ativistas de movimentos sociais e Direitos dos Manos e blablabla que você já sabe e que já citei em outros textos, que sempre, sempre e sempre se aproveitam da merda, assim como moscas sobrevoam o estrume tentando ganhar razão em cima dos pontos que defendem.

Famoso "Camarão que dorme a onda leva"
Acusam quem não tem absolutamente ligação direta com NADA  disso como Donal Trump, o gênero masculino em geral, a religião (que até acho ter sim certa culpa neste caso já que o atirador aparentemente era muçulmano radical), e adivinhem.... rufem os tambores.... drum drum drum drum drum...BOLSONARO ! É LÓGICO ! Mas atacam só pela oportunidade de comparar e denegrir a imagem daquilo ao que se opõem utilizando a morte dos homossexuais sem no fundo dar na verdade o mínimo pra isso, mas curiosamente “esquecem” de acusar qualquer coisa que tenha proximidade com aquilo que sua ideologia apoia, como o contato com essas culturas, por exemplo, ou os regimes comunistas que já exterminaram milhões de vidas durante a historia da humanidade e que inclusive eram contra a questão da homossexualidade. Você já viu algum grupo de esquerdistas pegar uma avião e ir protestar na Faixa de Gaza pelas mortes dos homossexuais que são jogados de prédios/enforcados ou pelas mulheres que são mutiladas e obrigadas a usar burca, ali sim sendo tratadas como escravas? E por aqueles homossexuais que Che Guevara tanto odiava e assim declaravaaos 4 ventos? Eu nunca... se algum dia você ver algo assim acontecendo filme e me envie, mas filme com uma câmera boa e não com aquelas ruins que sempre usam pra filmar discos voadores.


Estes grupos aproveitadores criam na população a impressão de que o problema e a solução é apenas achar alguém pra culpar, como se isso fosse inibir quem comete atrocidades ou tem preconceitos quando na verdade isso oculta os verdadeiros culpados e os protege, principalmente quando esse alguém ou outro grupo o qual eles escolhem culpar for contra seus ideais até em pontos que nada tem a ver com o problema em questão, mas quando se fala em prevenção acusam isso de ser culpabilização da vítima e desvalorização da violência por ela sofrida, pois aparentemente acham que ao se prevenir uma pessoa está dando a razão ao bandido/estuprador/assassino, ou seja, melhor morrer ou sofrer estupro que tomar cuidado. Assim como já dito fazem crer na ideia de que um dia o mundo pode se tornar uma espécie de paraíso cor-de-rosa onde o mal não existe e todos os malfeitores serão banidos ou procurarão redenção, com a intenção de arrebanhar votos, seguidores e apoiadores, mas isso nunca vai acontecer e ponto final, o paraiso não vai chegar, chorem ou esperneiem o quanto quiserem a verdade dura é essa.

Tem coisas que eu não devia nem ter que me dar ao trabalho de escrever de tão na cara que estão, de tão simples e ridículas que são.

Deal with it.


Sem mais, por enquanto
De seu lorde e senhor
Tirano

Curta a página do blog no facebook:https://www.facebook.com/blogdotirano/

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Assina um cheque teu e me manda com o valor em branco que eu preencho uhauaha

      Abraço !

      Excluir
  2. Assunto batido, mas nem por isso não pertinente. Creio que a maioria pensa assim. Pelo menos, a maioria que pensa. O problema é a minoria barulhenta, com segundas e terceiras intenções. No dia que inventarem tomates e ovos podres teleguiados, ficará mais fácil combatê-las.

    ResponderExcluir
  3. Fala Tirano

    Eu não sei se vc conhece um cidadão chamado Yuri Bezmenov, um ex agente da KGB. Semana passada postei um material excelente desse homem na timeline da pagina do meu blog no Facebook. É bem interessante e esclarece tudo o que vc citou nesse artigo, que está bem escrito, parabéns.


    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa já dei uma pesquisada rápida aqui sobre ele e entendi perfeitamente o que quis dizer ! Vou dar uma passada lá na sua pagina pra ler o seu material sobre ele também.

      Valeu e volte sempre que puder !

      Excluir
  4. Cara, por que diabos tu demora tanto prá postar aqui no blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei muito tempo sem postar nada, muito tempo mesmo, mas agora estou pretendendo voltar a escrever algo ao menos uma vez por semana, definir um dia fixo pra postagens, mas não ando tendo boas ideias sobre o que escrever, e as vezes falta tempo pra pensar sobre os assuntos. Vou tentar talvez diversificar mais os assuntos aqui para assim abrir o leque de possibilidades.

      De qualquer forma perdão pela demora, sei que é foda tentar acompanhar alguém que some e fica muito tempo sem dar sinais de vida. Mas tem a página do facebook onde posto algo diariamente por serem coisas mais simples.

      Abraço!

      Excluir
  5. Que bom que voltou a escrever. Seu blog está na minha lista de mais agregadores da blogosfera na minha opnião.
    Abraço.

    ResponderExcluir