A REAL SOBRE A REAL

A OPINIÃO DE VOSSA MAJESTADE SOBRE O ASSUNTO:


Meus caros, hoje venho esclarecer minha posição como Supremo Déspota desta Terra e Detentor da Determinação de Fogo de Konoha em relação ao que penso, como conheci, como aplico e principalmente o que IGNORO sobre o chamado "Movimento da Real".

Já adianto que não vou ficar surpreso se após publicados estes escritos façam com que tanto a página quanto este blog perda alguma suposta notoriedade, mesmo que mínima se é que existe, pelos seguidores das demais paginas e blogs daquilo que gosto particularmente de chamar de "Circulo da Real", que abrange tanto as mais antigas comunidades do tempo do Orkut quanto os mais recentes grupos destinados a publicação e proliferação de conteúdo, ligado aos ensinamentos de defesa e maturação psicológica masculina, no que tange a área de relacionamentos amorosos e evolução pessoal BASEADOS nos escritos de Nessahan Alita.

Tentarei explicar inicialmente de uma maneira que qualquer leigo entenda, sendo que acredito que nem todo mundo que lê este blog saiba do que se trata tal assunto.

Inicialmente é inegável o fato de que eu, assim como qualquer outro ser humano, cheguei em um determinado momento de minha vida em que comecei a ter interesses sentimentais em  relação a outras pessoas, e essa época normalmente é marcada também pelo início da adolescência. Comigo não foi diferente.
Acontece que para alguns, pelo menos para aqueles que utilizam uma mínima parte de seus cérebros, as coisas não parecem tão simples quanto são nos seriados de televisão, onde o garoto e a garota em questão (sim, falarei apenas sobre relacionamentos héteros, pois não tenho e nem desejo ter opinião ou experiência em outros tipos de relacionamentos de gênero) se conhecem, tornam-se amigos, se apaixonam, namoram, noivam, casam-se e são felizes para sempre em algum lugar além do arco-iris.