APOCALYPSE NOW PART III (FINAL)

OS DOIS ÚLTIMOS MENSAGEIROS DO FIM

E assim caminha a humanidade, destruindo tudo ao seu redor e trazendo miséria a si mesmo.


CAVALEIRO DO APOCALIPSE N°3 - DEPRAVAÇÃO 

O terceiro verme virulento surge em meio a uma multidão de condenados apodrecidos que gritam em desespero seu nome em uníssono. 



Não é surpresa para ninguém a atual situação quando o assunto é depravação moral relacionada ao sexo. Em todo lugar, em cada esquina e em cada brecha possível a depravação vem se instaurando silenciosamente atrávez da hipocrisia e conivência daqueles que dela se deleitam ou então obtêm algum tipo de lucro com isso como a televisão que não só lucra com a demonstração deste tipo de coisa mas também vem fazendo com que pareça justo, natural e até DIVERTIDO aos olhos de seus telespectadores.
 Para observarmos os reflexos de tal fato basta sairmos na rua em um dia qualquer ou conversarmos com nossos amigos. Vamos ver e ouvir sem muito esforço a total desvalorição do pudor humano travestido de coisas "inocentes" como mini-saias e decotes vulgarmente bem calculados, uma multidão de pequenas garotas abaixo dos dezoito anos grávidas ou já carregando nos braços "outras crianças" que chegam até a arrastar o pé no chão de tão grandes que já estão e homens a beira da loucura jogando tudo para o alto e correndo atrás unica e exclusivamente de saciar sua vontade primal de obter sexo fácil.

Mas o principal perigo desta nova ordem social baseada na "liberdade sexual" está em ser confundida com LIBERTINAGEM e os valores morais não só dos solteiros mas também dos casais acaba sendo destruida. Os piores atos são aqueles cometidos em segredo como a TRAIÇÃO.

Pessoalmente não tenho nada contra as pessoas que se utilizam de sua liberdade sexual de maneira aberta e esclarecida como por exemplo aquelas que assumem não querer relacionamentos longos e sérios por preferirem a variedade e desapego de relacionamentos de uma só noite ou então o famoso (e para mim famigerado) ato de "ficar". O que considero errado e prejudicial é o comportamento das pessoas que querem transitar entre estes dois mundos enganando seus parceiros e supondo serem imunes às consequencias de seus atos amorais. Quando uma pessoa tem um relacionamento sério  mas quer se aproveitar de uma liberdade que, deliberadamente, deixou para trás ao assumir tal compromisso ela não está apenas deixando de lado sua ética, mas também está ferindo os sentimentos e a confiança da outra pessoa envolvida neste relacionamento em questão, e ao meu ver a dor de uma traição está lado a lado com a dor da morte de um ente querido se tratando do sofrimento causado.