APOCALYPSE NOW - PART II

OS 2 PRIMEIROS GINETES DO CAOS

CAVALEIRO DO APOCALIPSE N°1 - IGNORÂNCIA 


O primeiro deles a se apresentar atravessando ferventes nuvens de fumaça e fogo é o cavaleio que simboliza a IGNORÂNCIA HUMANA.



Existem diversas formas de ignorância, algumas delas são brandas e até releváveis por serem passiveis de cura por parte da pessoa portadora como a falta de estudo, instrução, conhecimento e a falta de traquejo social (ser bruto, rústico...), porém o tipo de ignorância mais perigoso que se pode imaginar muitas vezes é aquele que está mais escondido e que só dá as caras em momentos propícios em que ele mais pode fazer mal, e este tipo de ignorância eu particularmente considero uma "IGNORÂNCIA ESPIRITUAL".

Mas o que é e como se comporta uma pessoa portadora desta tal ignorância espiritual ?

Este tipo de ignorância tem como características básicas uma visão reducionista da realidade (a pessoa só vê aquilo que quer ver e ignora o resto) e um exercito de preconceitos sem fundamento, principalmente em relação a filosofia e ideias de outras pessoas.

Todo mundo já conheceu alguma pessoa com este tipo de ignorância. Lembra daquele cara que por mais que você tentasse convencer ele a mudar de ideia ele resistia ao extremo até você desistir mesmo sem ter um argumento sequer a favor de suas próprias ideias ? Então, provavelmente ele era um deles... 



Quem porta esse mal aparentemente se veste com uma armadura impenetrável onde a lógica e o bom senso simplesmente não conseguem agir. Ela resiste, ela nega, ela xinga e ela até bate pra defender seu ponto de vista obviamente falho aos olhos de qualquer um, mas aos olhos dele é uma verdade absoluta e quem não concordar com ela se torna um INIMIGO.

Por mais que você apele, por mais que você suplique ela se mantem em sua posição, se nega a ver as situações por outros pontos de vista, pois caso isso aconteça e ela veja que estava errada isso se torna uma ofensa inadmissível ao seu ego. Costumo observar este tipo de DOENÇA geralmente instalada na mente de pessoas de mais idade, já vividas e que tem o costume de subestimar a inteligência dos mais novos, se nega a aprender coisas novas, a ver o mundo sob novas perspectivas e também se utilizam de sua maior idade para se justificar dizendo o velho jargão: "Me respeite, sou mais velho e tenho mais experiencia" mesmo quando sabe que está errado mas não quer admitir, se utiliza largamente de falácias do tipo AD HOMINEM (se não sabe o que é aproveite e leia o texto mais tarde clicando no link) para intimidar aquele que "ataca" suas velhas convicções com novas ideias e possibilidades.

É este tipo de ignorância a mais nociva e perigosa de todas pois "petrifica" o cérebro dos indivíduos, atravanca o desenvolvimento da sociedade como um todo e torna muitas vezes a convivência com a pessoa algo quase insuportável para aqueles ao seu redor, pois mesmo após perceber que está errada (e ela faz isso secretamente em seu íntimo) ela continua sua GUERRA SANTA infinita e ininterruptamente gerando tensões, violência e em casos extremos até tragédias irreparáveis.

Isto tudo seria uma bobagem se não fosse o exorbitante numero de pessoas com esta mentalidade hoje em dia. Ninguém quer estar errado, ninguém sabe dizer "desculpe, eu errei, você está certo e eu errado", os egos são tão inflamados atualmente que a pessoa é capaz até de se matar ou matar os outros para não ter que admitir estar errada, e é por isso que considero essa uma das 4 grandes pragas que vem pairando sobre o mundo e com o passar do tempo só tem a tendencia de aumentar causando cada vez mais danos, atraso evolucionario em questão de encontrar a paz em uma convivência em grupo como é a nossa sociedade.


CAVALEIRO DO APOCALIPSE N°2 - HEDONISMO 


O segundo a surgir descendo dos céus e fazendo a terra tremer ao som de relâmpagos e trovões
 é o cavaleiro que simboliza o exagerado HEDONISMO HUMANO. 


O hedonismo a principio nada mais é do que uma teoria ou corrente filosófica que afirma ser o PRAZER o supremo bem da vida humana. Até ai tudo bem, todos nós procuramos ter momentos de prazer, porém o problema começa quando isto se torna não apenas em momentos, mas em um tipo de vicio, pior que uma droga, a pessoa se torna acorrentada ao ato de querer ter momentos de prazer ininterruptos em uma busca egoísta, sendo que o prazer não pode ser ininterrupto por se tratar apenas de breves momentos.

Elas começam a achar que quando não estão extremamente alegres ou contentes estão sofrendo, para elas um dia tranquilo e pacato é um inferno na terra e para poder se livrar deste tormento que é o não alcance do prazer elas começam a ter atitudes muitas vezes perigosas ignorando os princípios morais e até as regras de conduta para uma vida em sociedade minimamente harmoniosa.

Sabe aquela pessoa que trai seu parceiro em busca de maiores emoções por achar que o relacionamento esta "monótono" ou então aquela pessoa que rouba e mata na busca por dinheiro e conforto pessoal ? São apenas "vítimas" da necessidade descontrolada de obter prazer desonestamente sem pagar pelas consequências de seus atos. Se esquecem que assim como todas as outras coisas a vida tem dois lados, é feita de momentos bons e ruins, de altos e baixos, por isso acabam por colocar em jogo os sentimentos e até mesmo a vida de outras pessoas sem se importar com nada além do benefício próprio.

Por causa deste tipo de comportamento não é difícil observar o declínio através da ruptura de uniões afetivas por motivos fúteis como a satisfação sexual momentânea, a busca por prazeres baseados na ostentação de objetos, roupas, imóveis e até da sensação de ter poder sobre outras pessoas. Todos inconscientemente procuram sempre mais, nunca estão satisfeitos ou contentes, nunca é o suficiente e qualquer coisa que vá contra isso é tido como sofrimento. Muitas vezes a pessoa pensa que ao se esforçar, trabalhar e se produzir chegará até a felicidade eterna, e quando ela finalmente consegue o que almejou e tem tudo que queria como beleza, dinheiro, poder, influência e atenção dos outros ela percebe que mesmo assim não é feliz, aquilo já não basta e ela começa a se debater em agonia e desespero pois não encontra nada mais que a satisfaça.

Este tipo de comportamento é extremamente difundido e incentivado atualmente. Todos nós somos criados ouvindo que temos que ser os melhores entre os melhores, que devemos ser grandes (em questão financeira, deixando esquecido sempre o lado espiritual e reflexivo) e que só seremos felizes quando obtermos tudo que devemos obter como casas, carros e etc. Isso nos é incutido desde crianças por nossos pais e pela Tv e acaba por ser tornar uma coisa automática da qual poucos conseguem escapar, a maioria nasce, cresce, morre e nunca consegue se encontrar verdadeiramente feliz, nada nunca é o suficiente ou pelo menos nunca dura o bastante para ficarmos satisfeitos e por isso considero que o HEDONISMO EXAGERADO é um dos males que corrompem nossa vida e prejudicam o desenvolvimento do ser humano em sua área mais frágil que é a espiritual (não religiosa) e em sua auto-crítica por nos tornar cegos aos nossos próprios defeitos e erros e deixar apenas que observemos nossos vãos objetivos de felicidade.



É isso irmãos, por hora conhecemos as duas primeiras pragas que nos corrompem e em breve conheceremos as ultimas duas na derradeira parte desta nossa saga apocalíptica.


Sem mais, por enquanto...


De seu agora Lord e Senhor.
TIRANO.

Participe da comunidade no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=122478003

Curta a pagina do TYRANT no FACEBOOK:
http://www.facebook.com/blogdotirano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

*OBSERVAÇÕES SOBRE OS COMENTÁRIOS
-Comente! Sua participação incentiva o autor, e além disso sabemos que você não esta fazendo nada mesmo, né...
-Se for comentar como anônimo crie ao menos um pseudônimo para se identificar no final do comentário.
-Seu comentário será liberado e respondido assim que aprovado.
-Comentários ininteligíveis ou apenas com a intenção de ofender o autor do texto ou algum outro comentador serão ignorados. Nem tente.
-Os comentários e opiniões são de total responsabilidade de quem os postou. Tenha moderação e educação para não se foder depois.
-Lembre-se que vivemos na era do mimimi e do "Vou te processar!".